• Branca Ícone LinkedIn
  • White Instagram Icon

contato@nextisolucoes.com.br

(31) 9 9700 - 9642

(31) 9 9107 - 7557 

© 2019 por NextiSoluções

Alameda Oscar Niemeyer, 500 Sala 904

Nova Lima - MG 34006-065

  • Nexti Soluções

A importância do Compliance no segmento da engenharia

Obras de construção civil devem atender uma série de exigências e regulamentos e os novos empreendimentos demandam inspeções e verificações a serem fiscalizados pelos órgãos responsáveis. Depois que a Lei Anticorrupção foi sancionada, em 2013, as exigências ficaram ainda mais rigorosas. As multas por crimes ligados à corrupção já somam 25 bilhões de reais, sendo que a segunda maior multa é de uma empresa de engenharia, correspondendo a quase 4 bilhões.


Isso significa que empresas que não contam com políticas internas voltadas para uma boa governança corporativa estão extremamente suscetíveis a serem multadas por práticas irregulares, cujo valor pode chegar a 20% do faturamento bruto do exercício anterior, sendo necessariamente superior à vantagem recebida. Além disso, os envolvidos podem ter seus bens sequestrados e a empresa estará sujeita à dissolução da pessoa jurídica e à divulgação de sua razão social no Cadastro Nacional de Empresas Punidas – CNEP. Para além dos prejuízos financeiros, também há problemas de imagem e reputação; como já dizia Warren Buffet, “são necessários 20 anos para construir uma reputação e apenas cinco minutos para destruí-la”. Assim como a prevenção, a gestão de riscos também torna-se imprescindível nesse cenário.


Origem do Compliance no Brasil

O ano de 2013 contou com uma série de manifestações a favor de políticas públicas que fiscalizassem mais intensamente a prática de fraudes e corrupção. Ainda em 2010, já tramitava o Projeto de Lei PL 6.826/10. Após as pressões dos movimentos populares, a PL foi aprovada e a lei sancionada. Com isso, foi exigido dos gestores maior otimização e fiscalização das práticas corporativas, o que acabou inserindo o termo Compliance no vocabulário nacional.

Compliance é um conceito originário do termo inglês comply, que significa agir com base em um conjunto de regras/políticas. No Brasil, é comum relacionar essa técnica com a necessidade de cumprir exigências legislativas. Entretanto, o Compliance vai muito além. Dá só uma olhada no que falamos sobre o que é e como cumprir.

Questões de Ética e Compliance na Construção Civil


De acordo com o Guia de Ética e Compliance na Construção Civil elaborado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), um Código de Ética básico já exige uma estrutura de Compliance. Dessa forma, esse código poderá abarcar não apenas os indivíduos que estão diretamente ligados à sua empresa, mas também terceiros, como fornecedores, colaboradores, clientes e parceiros. O Compliance aborda muito além dos problemas da sua empresa, mas também entende que o problema de terceiros também é seu.

Na construção civil, isso significa que a corrupção vai muito além da relação entre o fiscal e o empresário. Ela pode se dar de várias formas, como desvio de dinheiro, propina, conflitos de interesse, e até mesmo por contratempos causados pela falta de planejamento durante as fases de uma obra. Mas afinal, como evitar?


O Guia de Ética e Compliance na Construção Civil estipula a implementação de códigos de conduta que abordem mecanismos de monitoramento e responsabilização, inclusive judicial, assim como a criação de um canal permanente de recebimento de denúncias e esclarecimento de dúvidas. Esse processo se divide em três pilares principais que constituem políticas de ética. São eles:

● custos de manutenção - custos de promoção da nova política, como treinamento, comunicação e consultoria;


● custo de não conformidade - relacionados as multas, taxas, perdas, possíveis encerramentos de contratos, danos reputacionais, despesas com advogados, perda na produtividade, etc;


● Custos de governança - dizem sobre custos com comitês, contratação de auditorias externas e a valorização da diretoria.

Com isso, tão importante quanto a implementação de uma conduta é a fiscalização dos envolvidos no seu negócio. Uma série desses processos podem ser automatizados por soluções de tecnologia. Através da ferramenta e com a equipe de Customer Success que a Nexti disponibiliza aos clientes, as pesquisas e o cruzamento de dados são feitos com precisão e velocidade incomparáveis. Afinal, não dá pra pesquisar o histórico de um cliente só pelas primeiras páginas do Google com total confiança, não é mesmo?


Ainda tem dúvidas? Dá só uma olhada no que a Paula Andrade, de Compliance da MRV falou sobre


A solução de Due Diligence oferecida pela Nexti tornou mais eficiente a realização de análises e trouxe otimização nos processos da área de Compliance. O aumento na produtividade da equipe foi considerável. A agilidade e flexibilidade no atendimento comercial são um diferencial, estão sempre à disposição para receber qualquer demanda.

Paula Andrade, Compliance na MRV Engenharia


Como andam as políticas de compliance na sua empresa? Quer saber mais a respeito? Entre em contato com a gente e peça uma demonstração da ferramenta!

15 visualizações